Um território reconhecido

O Vale do Loire, com seus 280 km de extensão e 800 km2 de área, de Sully-sur-Loire (Loiret) a Chalonnes-sur-Loire (Anjou)é, desde o ano 2000, o maior sítio francês inscrito na lista do Patrimônio Mundial da Unesco por sua paisagem cultural.

Patrimônio Mundial da Unesco: um valor universal excepcional

A inscrição no Patrimônio Mundial conferiu ao Vale do Loire um valor universal excepcional, ao adicioná-lo à lista de 878 sítios culturais e naturais da qual fazem parte a estátua da Liberdade de Nova York, a grande muralha da China ou, ainda, o templo de Abu Simbel no Egito.

Com destaque para a arte e a história, o Vale do Loire demonstra, de maneira exemplar, como o homem, ao longo do tempo, soube ocupar as margens do rio, utilizando-o, construindo em torno dele, preservando-se de seus excessos. A paisagem do Vale do Loire e, mais particularmente, seus diversos monumentos culturais ilustram os ideais do Renascimento e do século das Luzes em relação ao pensamento e à criação na Europa ocidental. O local também é notável pela qualidade de seu patrimônio arquitetônico, com suas cidades históricas como Blois, Chinon, Orleans, Saumur, Tours, Nantes ou Angers, assim como por seus sítios patrimoniais de renome mundial, como os castelos de Chambord ou Chenonceau, o castelo real de Amboise, os jardins do Castelo de Villandry, o de Clos Lucé ou, ainda, a abadia real de Fontevraud.

Para saber mais sobre o Vale do Loire >>