Dois itinerários « 2 dias » no Vale do Loire

Dois dias no Vale do Loire com saída de Blois

Dois dias no Vale do Loire, é o tempo que você terá para aproveitar os Castelos do Vale do Loire! Ponto de partida do seu roteiro: a cidade de Blois. Localizada a 1 hora e 45 minutos de estrada de Paris (185 km), você pode facilmente chegar em Blois alugando um carro.

Se preferir viajar de trem, você tem duas opções: A primeira, ir a Blois direto, a 1 hora e 25 minutos de trem, com saída da estação de Paris-Austerlitz. A segunda: ir de TGV até Saint Pierre des Corps (perto de Tours) a 1 hora e 15 minutos, saindo da estação Paris Montparnasse ou a 1 hora e 40 minutos, saindo do aeroporto Paris-Charles de Gaulle. Depois você precisará alugar um carro ou solicitar um taxi turístico (http://www.ecoshuttle41.com e http://www.odyssee-valdeloire.com). Durante a temporada, também é possível pegar um ônibus circular.

 

Dia 1

Manhã: Blois, seu Castelo Real e sua cidade

Construída sobre um monte rochoso, Blois foi a capital sob o reinado de Luís XII. Seu Castelo Real domina o Loire e as ruas do centro antigo. No pátio, admire a escada monumental da impressionante ala Francisco I. Dentro do castelo, você verá os belíssimos interiores, entre eles, os apartamentos reais (ala Francisco I).

Depois da visita, caminhe pelas ruas da cidade. Não perca a bela catedral Saint Louis, de estilo gótico, bem como a torre de estilo renascentista. Aprecie também a igreja Saint Nicolas, de arquitetura híbrida românica e gótica.

Meio-dia: almoço em Blois, às margens do Loire

Três endereços às margens do Loire para se deliciar na hora do almoço. No Restaurant Côté Loire primeiro, uma charmosa casa do século 16, frequentada antigamente pela marquesa de Sévigné. Perto dali, você também pode se deixar seduzir pelo requintado almoço do Rendez-vous des Pêcheurs . Esta antiga mercearia acoplada a um bar de pescadores o acolherá com os pratos do estrelado chef Christophe Cosme. L'embarcadère é o terceiro endereço, que conta com uma varanda com vista para o Loire, em um ambiente barqueiro.

À tarde: Castelo de Chambord, Castelo de Cheverny e Maison des vins

Depois do almoço, rumo a Chambord, a 30 minutos de estrada (17 km), onde o suntuoso Castelo de Francisco I o espera. 

Para descobrir o vasto parque de Chambord, você pode escolher ir de várias maneiras: a pé, de caleche ou de barco elétrico ou ainda de barco a remo, pelo rio Cosson. O local conta com 15 km de ciclovias, onde você poderá pedalar sozinho de bicicleta ou com outras pessoas, de quadriciclo.

Em seguida, saída para o Castelo de Cheverny, a 30 minutos de carro (18 km). De uma brancura notável, o castelo tem interiores da época de Luís XIII, lindamente decorados e mobiliados (como a sala dos Guardas e a belíssima lareira). Do lado de fora, vale a pena ver o jardim dos aprendizes e a horta. Para uma visita diferente do parque e do canal, pegue um carrinho ou um barco elétrico.

Em seguida, bem na frente do castelo, visite a Maison des vins de Cheverny. Lá você irá conhecer os vinhos locais do terroir de Denominação de Origem Controlada (DOC) de Cheverny e Cour-Cheverny, oferecidos para degustação.

Jantar e pernoite perto de Cheverny e de Chaumont-sur-Loire

Dois hotéis restaurantes para jantar e pernoitar. Um a 15 minutos de carro de Cheverny (10 km): Manoir de Contres . O outro a 10 minutos de carro de Chaumont-sur-Loire (7 km): Domaine des Hauts de Loire.

 

Dia 2

Manhã: Castelo de Chaumont

Sobre um promontório de 40 metros de altura, o Castelo de Chaumont oferece uma vista deslumbrante sobre o Loire. Saindo de Cheverny, são 30 minutos de carro (29 km). Se o lugar já encanta logo na chegada com a ponte levadiça, os interiores também são encantadores. Aprecie em especial a lareira neogótica, a escadaria em espiral de estilo gótico e o quarto de Catarina de Médici. O castelo é famoso sobretudo por seus jardins, onde, todo ano, é realizado o Festival Internacional dos Jardins. Assim, de abril a outubro, cerca de 30 criações paisagísticas são expostas ali. As obras de vários artistas estão espalhadas pelo parque e pelo castelo, neste lugar que acolhe o primeiro Centro de Artes e da Natureza.

Meio-dia: almoço no Castelo de Chaumont

Almoce no próprio local, em um dos restaurantes locais

À tarde: Castelo de Amboise e Castelo Clos Lucé - Parque Leonardo da Vinci

A 15 minutos do Castelo de Chaumont (17 km), o Castelo de Amboise e seus jardins se impõem na paisagem do Vale do Loire.  Vários reis da França se hospedaram ali durante a era do Renascimento. Para ver na residência real: o quarto de Henrique II, a belíssima sala do Conselho ou ainda o salão Luís Felipe. E, por fim, não perca a capela Saint Hubert, onde está enterrado Leonardo da Vinci. Observe os esplêndidos vitrais que traçam a vida de São Luís.

Se estiver com fome depois da visita, vá até a Place du Château, na Pâtisserie Bigot ou na Auberge Renaissance Le Prieuré, situada no parque do Castelo Clos Lucé, administrada por Sieur Sausin, especialista em cozinha histórica.

(http://www.vinci-closluce.com/en/preparer-votre-visite/les-restaurants/)

Convidado por Francisco I, Leonardo da Vinci morou no Castelo Clos Lucé em 1516, trazendo a Gioconda e duas das suas principais obras. Viveu ali seus últimos anos de vida, trabalhando em muitos projetos para o Rei, e morreu no seu quarto em 1519.

A visita da casa, das salas de maquetes e do parque levam você à descoberta da vida e dos vários talentos do gênio do Renascimento.

Final do dia: volta a Paris

Para voltar a Paris de carro, você levará 2 horas e 10 minutos, saindo de Amboise (226 km). Se você veio de TGV, vá até a estação de Amboise. O trajeto até Paris leva 1 hora e 40 minutos.

Sugestões de eventos nos Castelos

Jardins de Luz em Chaumont-sur-Loire

Festival Jazz’in Cheverny

Espetáculo noturno "A la cour du Roy François" (Na corte do Rei François) no Castelo Real de Amboise

Espetáculo som e luz "Ainsi Blois vous est conté" (Assim Blois é contada) no Castelo Real de Blois

O Festival europeu de música 'Renascimento no Castelo Clos Lucé'

 

 

Dois dias no Vale do Loire com saída de Nantes

Dois dias é o tempo ideal para aproveitar o Vale do Loire e seus Castelos! Ponto de partida do seu roteiro: Nantes, a 2 horas e 10 minutos de TGV, saindo de Paris (ou 3 horas e 45 minutos pela estrada)

 

Dia 1 

Manhã: Castelo dos Duques da Bretanha

O prestigiado Castelo dos Duques da Bretanha, situado no coração da cidade de Nantes, é o último castelo antes de se chegar no Oceano Atlântico. Descubra seu pátio, seus baluartes, seus jardins do fosso ou ainda o Museu de História de Nantes.

Meio-dia: almoço em uma das "Tables de Nantes"

Para não errar na hora do almoço, escolha um restaurante dentre os das Tables de Nantes. A cervejaria La Cigale é outro endereço imperdível de Nantes, onde você poderá apreciar deliciosos frutos do mar. 

À tarde: Angers e seu castelo

Siga sentido Angers, a 35 minutos de Nantes de TGV (ou 1 hora [92 km] pela estrada). Descubra as muralhas bicoloridas, o Castelo e os jardins da incrível fortaleza de 17 torres que domina o rio Maine. Dentro do castelo, aprecie a famosa Tapeçaria do Apocalipse, a maior tapeçaria medieval do mundo, com seus 106 metros de comprimento. Muito bem conservada, representa o último livro da Bíblia escrito por São João.

Depois parta para a descoberta da cidade. Embalada pela "suavidade angevina", Angers é uma cidade de arte e história onde é muito bom viver e passear. A catedral Saint Maurice, o jardim do Mail, ou a galeria David d’Angers  são outros lugares imperdíveis.

Jantar em Angers

Para jantar, dois endereços: "La Villa Toussaint" e seu cardápio que brinca com os sabores da Ásia ou então "Le Dix Septième", (O décimo sétimo) prestigiado restaurante situado em uma antiga casa.

Pernoite em Angers

Dois hotéis especiais para recebê-lo: "Le 21 Foch" (século 19) ou a Maison Bossoreil (século 18). Outra opção : o hotel d’Anjou Best Western, instalado em uma casa do século passado.

 

Dia 2 

Manhã: A Escola Nacional de Hipismo do Cadre Noir, em Saumur

De manhã, vá a Saumur em 30 minutos de trem (ou 45 minutos de carro, 67 km). A cidade de Saumur não é famosa apenas por seu castelo que domina o Vale do Loire, mas principalmente pelo Cadre Noir. A Escola Nacional de Hipismo está entre as mais antigas da Europa. Você irá se surpreender pelo notável picadeiro dos cavaleiros, onde acontecem belas exibições de salto, com fundo musical.

Meio-dia: almoço em Turquant

Na programação do meio-dia, um almoço diferente no restaurante subterrâneo: o Bistroglo. Localizado a 15 minutos de carro de Saumur (10 km), na típica cidade de Turquant, o restaurante oferece uma cozinha de bistrô, em um ambiente que mistura tradição e modernidade.

À tarde: Castelo de Brézé

Localizado a 15 minutos de Saumur (10 km), o Castelo de Brézé fica no meio de um vinhedo. Seus impressionantes fossos secos, de grandeza excepcional, estão entre os mais profundos da Europa. Mas sua maior particularidade é a rede subterrânea, como um castelo debaixo do castelo. Estas cavidades subterrâneas cavadas em tufa calcária abrigam cômodos, como uma cozinha ou um estábulo.

Final do dia: volta a Paris

Para voltar a Paris de carro, você levará 3 horas, saindo de Brézé (333 km). Se você veio de TGV, vá até a estação de Saumur, a 15 minutos de carro (10 km). O trajeto até Paris leva 2 horas.

Sugestões de eventos nos Castelos:

O Castelo dos Duques da Bretanha, etapa do percurso até Nantes

As apresentações abertas do Cadre Noir

spetáculo de som e luz "Saumur, os cavaleiros do tempo" no Castelo de Saumur

Os combates medievais no Castelo de Brézé